Sobre a Infertilidade

Aspectos Emocionais

POA - Programa de Orientação e Apoio

A busca da realização do desejo de maternidade e paternidade constitui um momento muito especial na vida de todo o casal. Muitos são os sonhos e expectativas que construímos quando decidimos pela formação de uma família. Quando um obstáculo se interpõe neste projeto, o impacto emocional é intenso. Respostas emocionais como: ansiedade, tristeza, raiva, culpa, esperança e desesperança cíclicas, são bastante frequentes e fazem parte dos sentimentos experimentados por quem enfrenta dificuldades para engravidar.

Os tratamentos de Reprodução Assistida são fonte de esperança para os casais que desejam realizar o sonho de maternidade e de paternidade. No entanto, os próprios tratamentos podem gerar ansiedade, pois se intercalam incertezas e esperanças. Esta ansiedade é esperada e, dentro de um grau moderado, é considerada natural. Algumas pessoas, contudo, podem apresentar um grau de sofrimento mais severo e que, senão acompanhado, pode levar a interrupção do tratamento ou ao desenvolvimento de distúrbios emocionais.

Muitos estudos atualmente demonstram que o estado emocional pode influenciar no sucesso dos tratamentos, e que o bom manejo do estresse e da ansiedade acarreta uma maior taxa de gravidez. Nós, do Fertilitat, sonhamos o mesmo sonho de vocês e fazemos o máximo para auxiliá-los a realizar este projeto, por isso criamos o POA – Programa de Orientação e Apoio. O Programa de Orientação e Apoio é um espaço permanente de Escuta e Apoio, onde vocês poderão sanar suas dúvidas sobre o tratamento e sobre todos aqueles aspectos que geram inquietudes. Além de orientação, oportunizamos acompanhamento psicológico, através de entrevistas individuais e de casal, de acompanhamento durante as diferentes fases dos procedimentos para que o caminho rumo à realização deste sonho seja tranqüilo e seguro.

 

Ponto de Encontro

Como parte de seu programa de apoio psicológico, o Fertilitat realiza encontros periódicos entre os pacientes, mediados pela psicóloga Débora Farinati, sempre com a presença de um dos médicos da equipe. Além de proporcionar a troca de experiências, o Ponto de Encontro proporciona o esclarecimento de dúvidas e o debate sobre as questões psicológicas que cercam a infertilidade.

Investigação
Causas
Preservação da Fertilidade
Reprodução Assistida
Aspectos Emocionais