Novidades


05.02.2018

Entenda como a tireoide pode afetar sua fertilidade

Em forma de borboleta, ela é uma das maiores glândulas do corpo humano. Está localizada logo abaixo da região onde, nos homens, fica o pomo de adão e é corresponsável por regular a função de órgãos importantes do corpo, como coração, cérebro, fígado e rins. A tireoide é o maestro da orquestra do nosso organismo e, por isso, ela também interfere na fertilidade e nos planos de quem deseja ter um filho.   Isso acontece porque os hormônios secretados pela estrutura agem indiretamente nos ovários e são necessários para estimular o desenvolvimento dos óvulos e dos embriões. No caso do (...)

ler mais
30.01.2018

Especialistas em reprodução assistida debatem infertilidade na Espanha

Os ginecologistas Alvaro Petracco e João Michelon, do Fertilitat – Centro de Medicina Reprodutiva, de Porto Alegre, participaram do congresso Updates in Infertility Treatment (UIT), entre 24 e 26 de janeiro. Realizado em Madri, na Espanha, o evento reúne especialistas internacionais para discutir temas relevantes na reprodução assistida, além de oferecer palestras e discussões de alto nível científico. Durante o encontro, foram tratados temas como a segunda geração de bebês da reprodução assistida, a melhora dos resultados da fertilização, a relação da infertilidade com fatores ambientais e os novos modelos de família no contexto da reprodução. “Acompanhamos debates sobre novas possibilidades de tratamentos disponíveis para pessoas inférteis. (...)

ler mais
09.01.2018

Coisas que você precisa saber sobre recém nascidos

O Bebê pode ter uma aparência um tanto quanto engraçada   A cabeça dele pode estar um pouco amassada por causa da jornada que ele enfrentou passando pelo canal vaginal. Ele também pode estar com o rosto inchado e olhos que muitas vezes estão fechados. Afinal, ele passou nove meses dentro do útero. Mas logo ele se tornará naquele lindo bebê que você imaginou.   Não espere recompensas – sorrisos ou risadas – até a marca de seis semanas   Até lá você vai estar trabalhando com um chefe que só reclama! (...)

ler mais
05.01.2018

8 mitos e verdades sobre infecção urinária

As infecções urinárias não poupam ninguém – não à toa, são a principal complicação de origem bacteriana em todo o Brasil. Sim, apesar de as mulheres jovens serem as mais atingidas, a doença também afeta pessoas de outras idades e gênero.   É por isso que, quando o assunto é essa doença (que, se acabar se complicando, pode levar à morte), é preciso saber distinguir o que é certo do que é errado. A Revista Saúde checou alguns mitos que circulam por aí sobre o assunto – será que algum em que você acreditava foi desmentido? Olha só:  

ler mais
13.12.2017

Excesso de barulho e poluição afetam a fertilidade?

Novas pesquisas esquentam essa discussão. Conheça as evidências e o real impacto na vida de quem pretende ter filhos.   Tudo leva a crer que a poluição atmosférica mexe mesmo com a fertilidade. E até o balanço entre população masculina e feminina está em xeque: em um trabalho brasileiro, médicos da Universidade de São Paulo (USP) cruzaram os registros de nascimento e os níveis de poluentes de vários pontos da capital. As regiões com índices piores tinham menos meninos vindo ao mundo.   “A poluição está afetando a seleção darwiniana. Toda espécie de mamífero tem de ter 52% de (...)

ler mais
07.12.2017

Artigo: Impactos da gravidez cada vez mais tarde

por Ana Luiza Berwanger*   Muitas mulheres optam por adiar os planos de maternidade para um momento da vida em que já tenham alcançado seus objetivos profissionais, financeiros e até pessoais. Essa opção pode resultar em dificuldades para engravidar. Cada mulher nasce com uma quantidade predeterminada de óvulos. Esse número diminui progressivamente com o avançar da idade, sendo que essa perda se acelera a partir dos 35 anos. Após os 40, a diminuição se torna mais crítica, até atingir a menopausa. Esses marcos de idade, do ponto de vista quantitativo, dependem principalmente de fatores genéticos. Mulheres que nascem com maior (...)

ler mais
30.11.2017

Qual a hora certa de ser mãe? O dilema das mulheres entre o relógio biológico e a vida social

As exigências da biologia e as pressões da vida em sociedade têm um pendor ancestral para entrar em conflito, e uma das arenas onde esse confronto se desenrola com maior frequência e angústia, nos dias atuais, é a maternidade. O corpo pede, para o bem da mãe e do bebê, que a gravidez aconteça quando a mulher ainda é jovem, de preferência até os 35 anos.    O sistema social colabora cada vez menos para isso: terminam-se os estudos mais tarde, é preciso fazer aquele estágio ou intercâmbio no Exterior, há que engrenar a carreira primeiro, os casamentos se tornam tardios. Se em um passado não muito distante a preocupação das mulheres costumava ser não engravidar (...)

ler mais
17.11.2017

Identificado gene fundamental para o desenvolvimento de embriões humanos

Os avanços da tecnologia aplicada à genética resultam em novos diagnósticos de doenças genéticas, na individualização de tratamentos farmacológicos e na compreensão de mecanismos envolvidos no funcionamento do corpo humano. Recentemente, um grupo de cientistas de laboratórios ingleses, americanos e sul-coreanos identificou o papel fundamental de um gene para o início da embriogênese (formação do embrião) humana. Na experiência, foi utilizada uma técnica para “recortar” regiões selecionadas do genoma, chamada de CRISPR-Cas9. Dessa forma, foi eliminado de óvulos fertilizados o gene POU5F1 que codifica a proteína OCT4 (Octamer-binding transcription factor 4). Sem a OCT4, não houve (...)

ler mais
14.11.2017

Diretores do Fertilitat assinam livro inédito sobre ginecologia

Foi lançado no dia 7 de novembro o livro "Ginecologia Básica e Avançada". A obra oferece ao leitor 65 capítulos, proporcionando tanto a consulta rápida quanto uma leitura mais detalhada sobre temas básicos e avançados da ginecologia. A publicação é organizada pelo Dr. Manoel Afonso Guimarães, da PUCRS, e pelos diretores do Fertilitat, Alvaro Petracco e Mariangela Badalotti.   A obra, que teve sessão de autógrafos esta segunda-feira (13), na Feira do Livro de Porto Alegre, é editada pela EdiPUCRS. Para mais informações, acesse http://ebooks.pucrs.br/edipucrs/livro/ginecologia-basica-e-avancada/

ler mais
10.11.2017

CFM autoriza filha e sobrinha a servirem de barriga de aluguel

O Conselho Federal de Medicina (CFM) atualizou as normas para a utilização das técnicas de reprodução assistida no Brasil. A partir de agora, familiares em grau de parentesco descendente poderão fazer a cessão temporária do útero (gestação de substituição).   Até então, de primeiro a quatro graus, somente mãe, avó, irmã, tia e prima poderiam ser barriga de aluguel, como o procedimento é popularmente conhecido. Com a mudança na regra, filha e sobrinha também podem ceder temporariamente seus úteros. Pessoas solteiras também passam a ter direito a recorrer a cessão temporária de útero. “Um homem solteiro (...)

ler mais